FCFFC e MinC oferecem capacitação para Prêmio Culturas Populares 2018

Foto: Divulgação / PMF

Inscrições ocorrem nesta quarta-feira (23), no Teatro da Ubro

A capital catarinense receberá na próxima quarta-feira (24) oficinas de capacitação e orientação para auxiliar produtores culturais, grupos e interessados em participar da 6ª edição do Prêmio Culturas Populares, realizado pelo Ministério da Cultura (MinC). A programação, que tem o apoio Prefeitura Municipal de Florianópolis por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, será conduzida por representantes do MinC que estarão à disposição do público para tirar dúvidas, apresentar o edital e orientar sobre o procedimento das inscrições, que vão até 13 de junho.

O edital investirá R$ 10 milhões para 500 iniciativas culturais de mestres(as), grupos e instituições privadas sem fins lucrativos que fortalecem e contribuem para a promoção da cultura popular. “É uma grande oportunidade para quem faz e mantém viva a cultura popular de Florianópolis, tão rica e muitas vezes desconhecida pelo resto do país. Por isso nossa missão tem sido promover cada vez mais projetos que valorizam a cultura típica do nossa capital dentro do nosso próprio território”, afirma a superintendente da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, Roseli Pereira.

O Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, destaca que este edital é a maior premiação do país na área da cultura popular “O Prêmio Culturas Populares é um marco. É a maior premiação da cultura popular brasileira, é o reconhecimento da importância de nossas tradições culturais e daqueles que as mantêm vivas e potentes em todas as regiões deste vasto e diverso país”, ressaltou o Ministro durante o evento de lançamento do edital em Recife (PE).

*6ª edição*
O Prêmio Culturas Populares contemplará cada projeto premiado com R$ 20 mil. Serão 200 prêmios para iniciativas de mestres e mestras (pessoa física); 180 para iniciativas de grupos sem CNPJ; 70 para pessoas jurídicas sem fins lucrativos; 30 para pessoas jurídicas com ações comprovadas em acessibilidade cultural; e 20 para herdeiros de mestres e mestras já falecidos (in memoriam).

Os critérios de seleção dos projetos levam diversos pontos como levar em consideração o grau de intercâmbio de saberes e fazeres da cultura popular, a relevância e a contribuição sociocultural das manifestações nas comunidades, a perpetuação e preservação das atividades, gerando emprego e renda, entre outros.

Serviço:
Oficina de apresentação e orientação Florianópolis | 24/05, às 19hLocal: Teatro da Ubro | Rua Pedro Soares, 15 – Centro, Florianópolis – SC, 88010-102

Inscrições: No local durante o evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *