Fiscalização no Sul da Ilha lacra 14 imóveis

Em três dias de blitz Se Liga Na Rede no Campeche, Sul da Ilha, a Prefeitura Municipal de Florianópolis e a Casan fiscalizaram 80 imóveis e realizaram 14 lacres em tubulações de imóveis que estavam lançando efluentes na rede de esgoto inoperante. Somente na Rua dos Pinheiros, na ação desta quarta-feira, dia 12, seis proprietários foram intimados a atestarem à Vigilância em Saúde a regularidade de seus sistemas de tratamento de esgoto e o Habite-se Sanitário.

A operação, coordenada pelo Setor de Operação de Esgotos da Casan, mobilizou uma equipe de 15 pessoas, entre fiscais da Vigilância em Saúde, Floram, equipes de apoio do Programa Floripa Se Liga Na Rede, Casan, além de empresas terceirizadas.

“A ação foi positiva, pois conseguimos localizar de forma rápida caixas de inspeção obstruídas, graças ao uso de métodos inovadores, como o fumaçador e o caminhão valetador”, disse o gerente do SEOP, Gabriel de Lyra Pessina.

Foram efetuados quatro lacres nesta quarta-feira, sendo os três na Rua Pinheiros. Atendendo uma solicitação da Associação de Moradores do Campeche, a Casan deve continuar os trabalhos nesta quinta-feira, com fiscalização na Rua Pau de Canela.

Em nove semanas, a Blitz Se Liga Na Rede fiscalizou imóveis na Av. Beira-Mar Norte, Ingleses, Cachoeira do Bom Jesus, Campeche, Joaquina, Ponta das Canas, Canajurê, Cacupé, Bom Abrigo e Campeche. Os proprietários de imóveis irregulares vão responder a processo administrativo na Vigilância Sanitária em Saúde e/ou Floram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *