Por muito pouco: Luan Peres lamenta quase gol diante do Atlético de Madrid pela Champions League: “Mérito do Oblak”

Madrid
Foto: Divulgação

 Faltou pouco. Questão de centímetros. E justamente por isso o lance ainda não sai da cabeça de Luan Peres. Chamado para entrar no segundo tempo do duelo entre seu time, o Club Brugge, e o poderoso Atlético de Madrid, o brasileiro quase garantiu a vitória do time da casa.
O defensor subiu bem em cruzamento e seguiu corretamente o manual: fez o cabeceio para baixo. Já estava quase pensando em comemorar… Mas aí o goleiro rival, Oblak, mostrou porque é um dos melhores na posição. “Eu não consigo parar de pensar nesse lance. Chega a ser engraçado. Muitos amigos estavam acompanhando também o jogo e falaram muito do lance. Acho que fiz certo. O cruzamento veio e consegui subir bem, fiz o cabeceio para o chão, consciente. Mas o Oblak foi muito bem, bem demais. Mérito todo do Oblak. Ele tem um reflexo muito bom e mostrou isso. Mérito dele. Seria muito especial com certeza”, afirmou o ex-zagueiro do Fluminense.
Para Luan Peres, o “quase gol” serve de motivação. Por inúmeros pontos. “Você entrar em um jogo desse não é fácil. É uma Champions League e contra ainda o Atlético de Madrid, um dos times mais fortes da competição. Eles queriam a vitória para ficar em primeiro do grupo, o que acabaram não conseguindo. Tivemos nosso mérito. Mostramos nossa força apesar de não conseguirmos a classificação. Pra mim particularmente foi especial. É um jogo gigante, eu quase ainda marcar um gol. É seguir trabalhando para colher meus frutos aqui na Europa”, finalizou o zagueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *