Quadro médico de Leonel Pavan segue inalterado

leonel-pavan.jpg
Foto: Redes Sociais

Um boletim médico atualizado as 19h, sobre o estado de saúde do deputado estadual Leonel Pavan (PSDB), mostra que o quadro segue inalterado.

 

Ele foi internado ontem no Hospital da Unimed de Balneário Camboriú, após sofrer um AVC quando fazia uma sessão de pilates.

A nota assinada Somente um fato novo e grave, pode separar  essedistas e progressistas aqui no estado. Fora isso, o casamento está a cada dia que  passa mais consolidado. Ontem as legendas sincronizaram as suas agendas para reuniões que começaram as 11h em suas respectivas sedes.

Os encontros foram para discutir a formação das chapas proporcionais. Já está acertado que para a eleição a deputado federal os partidos estarão juntos, porém, a dúvida é para Assembleia Legislativa, onde a tendência passou a ser de cada um com a sua chapa. Outro aspecto abordado é que as campanhas terão que ser franciscanas.

Se de um lado, os pré-candidatos ao Governo do Estado Gelson Merisio, e ao Senado Raimundo Colombo, trabalharam a parte mais técnica do pleito junto aos pessedistas, apresentando aos pré-candidatos uma empresa que cria sites para pedirem doações para as suas campanhas. De outro, o também pré-candidato a governador Esperidião Amin, agitava os progressistas com declarações para lá de picantes. Segundo ele, nos últimos meses os ventos estão soprando a favor de seu partido, pois, há uma excelente posição em todas as pesquisas e nenhum abalo. Para Amin, a coligação com o PSD é necessária para o Progressistas e para o próprio PSD. “Na condição de pré-candidato ao governo eu digo que a palavra chave destas eleições é a mudança.

Mas é preciso mudar com confiança e o partido tem o que oferecer”, afirmou, destacando ainda que Eduardo Pinho Moreira (MDB) está “emedebizando” o governo ao tirar os pessedistas, situação a qual, de acordo com Amin, favorece o projeto do qual faz parte. Ainda em seu discurso o progressista cutucou os tucanos, dizendo que é preciso buscá-los. Ele afirmou que somente será contra isso, quem colocar o seu desejo pessoal a frente. Em suma, o objetivo de Amin é tirar o MDB do poder.

Quem vai liderar o processo é o de menos, seja ele, ou Merisio, já que estão unidos contra o mesmo adversário. Voltando aos pessedistas, Colombo destacou que todos estão unidos em torno do projeto do PSD. Segundo ele, a saída do governo lhe deu mais tempo para visitar as bases. Já Merisio, pediu a todos que ajudem na divulgação do lançamento de sua pré-candidatura ao Governo do Estado agendada para o próximo dia 26 em Chapecó.

Um pouco antes de encerrar, o ex-governador pediu licença, pois já tinha um  compromisso pré-agendado em Brusque. Júlio Garcia também foi convidado, porém, não compareceu. Um momento que gerou risadas entre os presentes, foi quando o pré-candidato Enori Barbieri ao ver a apresentação de um site para a captação de recursos de campanha, questionou: “Ao invés de alguns candidatos darem dinheiro para o povo, será o povo que dará dinheiro para os candidatos?”, brincou.

Para selar a parceria, após terem realizado reuniões em separado, PSD e Progressistas se reuniram em um almoço no Hotel Castelmar para discutir estratégias para as eleições deste ano. Mesmo com os progressistas chegando com quase duas horas de atraso, ainda sobrou tempo para uma conversa entre os caciques. pelos médicos Renata Waltrick e Humberto da Silva, informa que Pavan segue na UTI em estado considerado grave, porém, estável.

Ele respira por aparelhos e está tendo a atividade cerebral monitorada. Notícias falsas de que Pavan havia falecido, começaram a circular no início da noite. As fake news circularam principalmente pelo Vale do Itajaí, mas foram desmentidas pelo novo boletim médico.

Um comentário em “Quadro médico de Leonel Pavan segue inalterado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *